Direito e literatura

Direito e literatura

Clique e compre

Direito e literatura: confluências e afinidades

Coordenação: Gentil de Faria

ISBN: 978-85-60521-67-8

Dimensões: 16x23cm

Nº. de páginas: 256 | 1ª edição – 2015

 

A pesquisa das múltiplas relações entre literatura e direito ainda permanece um campo pouco explorado no Brasil. Entre nós, são raros os estudos de direito que se valem da literatura e também os de literatura que se enriquecem com a contribuição trazida pela temática jurídica sugerida pelo texto. Os profissionais do direito quando se referem à literatura o fazem de maneira episódica e pontual; apenas indicam algumas referências para localizar  um autor ou obra no contexto da argumentação. Por outro lado, muitos estudiosos de literatura preferem analisá-la como uma entidade em si mesma, desconhecendo sua natureza gregária e força centrípeta, atuando num movimento dinâmico de ir e vir, que atrai para o seu interior uma variedade infinita de linguagens e saberes.

 

Sumário

 

Introdução

Capítulo 01 – Prometeu acorrentado: aspectos jurídicos e literários de uma tragédia grega | André Gardesani

Capítulo 02 – O mercador de Veneza: da literatura ao direito – conceitos de justiça e direito | Azor Lopes da Silva Junior

Capítulo 03 – Dom Quixote e suas relações com o direito e outras artes | Paulo Cesar Baria de Castilho

Capítulo 04 – Os Miseráveis e a dignidade da pessoa humana | André Luiz Bernardes Neves

Capítulo 05 – Crime e Castigo: a redenção pela dor e pelo amor | Suzana Maria da Glória Ferreira

Capítulo 06 – Kafka e o direito | Gentil de Faria

Capítulo 07 – Um réu muito estranho, revoltado, absurdo | Fernando Fukassawa

Capítulo 08 – Literatura, história e direito em A revolução dos bichos, de George Orwell | João Paulo Vani

Capítulo 09 – O sol é para todos: a segregação racial no âmbito jurídico e social | Juliana Rissi Ferreira

Capítulo 10 – O jurídico e o literário em A firma, de John Grisham | Paulo Roberto Zaidan Maluf

Capítulo 11 – Reparação: o dano moral e o travesseiro de penas | Luiz Fernando Cardoso Dal Poz

Nota sobre os colaboradores

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *